Mioma

O útero tem 2 partes: o corpo e o colo. O corpo do útero é divido em uma camada mais interna e glandular chamada endométrio; uma camada muscular chamada miométrio; e a camada mais externa que reveste a camada muscular chamada serosa.

Os leiomiomas, populamrente chamados de miomas, são tumores benignos originados na camada muscular do útero. É bastante comum, podendo ser encontrado em cerca de 2/3 das mulheres aos 50 anos de idade. Os miomas são frequentemente assintomáticos e não necessitam nenhum tratamento. Por outro lado, dependendo do tamanho e localização dos miomas, eles podem gerar sintomas como sangramento genital e sensação de peso na pelve.

Os miomas não se transformam em câncer e o tratamento deve ser realizado caso hajam sintomas importantes. Os principais são a miomectomia, a histerectomia e a embolização das artérias uterinas. Na miomectomia são retirados apenas os miomas. É indicada para mulheres jovens e que ainda desejam manter a fertilidade. A histerectomia é a retirada cirúrgica do útero. No caso da embolização, as artérias do útero são acessadas através de um cateter introduzido pela artéria da perna e então esferas são jogadas no útero e fazem com que os miomas sejam tratados pela obstrução de sua vascularização.


Por Dr Glauco Baiocchi Neto.

 
Rua Mato Grosso, 306 cj1011 - Higienópolis
Higienópolis Medical Center
Cep 01239-040 - São Paulo - SP
Tel (11) 3255 4727
Home :: Dr. Glauco Baiocchi Neto :: Contato

© 2010 Oncologia Ginecológica :: Todos os Direitos Reservados